Já perdi as contas de quantos amigos, e amigos de amigos, me procuraram hesitantes em escolher o Marrocos como destino.

Marrakech é um dos lugares mais incríveis e exóticos que conheço, um destino imperdível, para ir de cabeça e coração abertos e se deixar seduzir pelas diferenças.

Como o Marrocos foi ocupado pela Espanha e França, apesar de ser um país islâmico, é bastante liberal. Em Marrakech vários lugares vendem bebidas alcoólicas e as mulheres transitam tranquilamente.

Fiz uma listinha de “basics” com as informações indispensáveis para se dar bem por lá…bon voyage!

IDIOMA

No Marrocos se fala árabe,e nas cidades grandes também o francês, mas na maioria dos restaurantes, hotéis e nos souks você não terá dificuldades para se comunicar em inglês ou espanhol. E algumas palavrinhas como sukran (obrigado) e a saudação salaam aleikum (que a paz esteja sobre vós) sempre ajudam.

MOEDA

A moeda do Marrocos é o dirhan.

A conversão é mais ou menos 1euro=11Dh

A maioria dos hotéis e restaurantes aceita cartões de crédito mas é sempre bom ter um dinheirinho, especialmente para comprar nos souks e para pegar taxis. 

TAXIS

Os petit taxis são uma excelente opção,baratos e eficientes.

Nem sempre os taxistas falam francês ou inglês, alguns só falam árabe, então tenha sempre com você um cartão com o endereço do hotel.

Negocie o preço antes de entrar no taxi pois a maioria não tem taxímetro.

DRESS CODE

Não existe um dress code formal para transitar em Marrakech.

 Saias, regatas e shorts estão liberados (especialmente no verão quando as temperaturas são altíssimas) mas lembre que em algumas mesquitas só é permitido entrar se estiver com ombros e pernas cobertos,então tenha sempre uma pashmina na bolsa. E claro, por estar um um país com uma cultura diferente é legal (e elegante) não abusar de decotes e dos comprimentos.

Leve sapatos confortáveis porque em Marrakech se anda muito a pé.

Se for viajar no inverno leve roupas bem quentinhas porque entre Outubro e Fevereiro faz muito frio.

dress code 3

GASTRONOMIA  
Impossível não comer bem no Marrocos.

O país das especiarias é responsável por uma culinária inventiva e muito saborosa.

Entre as opções must-try estão tajines, kaftas e cuscuz.

Imperdíveis também são as tâmaras, super doces e suculentas. Compre no souk e leve na bolsa para ir comendo durante o dia.

Uma tradição local é o chá de menta, que é oferecido em quase todos os lugares, é a maneira gentil de nos receberem, retribua aceitando,mesmo que só dê uns golinhos.

tagine 1

créditos: Pinterest/ site El Fenn/ @sincerlyjules

Share: