Fundada em Edimburgo em 1842, sob o nome de “Wilders, Framers and Artists’ Colourmen“, a hoje conhecida como The Scottish Gallery, constitui um marco na história da arte contemporânea. De DNA vanguardista, a galeria exibe e vende há mais de 100 anos,obras dos principais artistas escoceses.

O espaço na Dundas Street – endereço atual da galeria – foi inaugurado em 1992 para atender o crescimento do business e, consequentemente a demanda por maiores instalações.

Em comemoração aos 175 anos dedicados à arte, a galeria programou para 2017 uma série imperdível de exposições, destacando artistas emergentes e históricos.

Estive por lá em Maio e pude visitar a sensacional exposição da artista Lucy Gray, The Sound of Iona, que ficou em cartaz até 23/06.

A artista conta que a instalação foi inspirada por sua visita ao jardim da galeria. A forma e a disposição do local lhes pareciam semelhantes às do canal que separa as ilhas de Mull e Iona, na Escócia. “As conchas são vozes e as pérolas o espírito”.

Um deleite para os olhos!

Até Setembro vai rolar muita coisa boa, e o acervo da galeria não decepciona, então se for passar pela cidade não deixe de fazer uma visita! É imperdível!

https://scottish-gallery.co.uk

THE SCOTTISH GALLERY

16, Dundas Street

Edinburgh – Scotland

imagens: acervo pessoal


 

Share: